sexta-feira, Fevereiro 17

Argumentos a favor da eutanásia

Os indivíduos acreditam que esta seja uma escolha de modo a evitar a dor e o sofrimento de pessoas que se encontram sem qualidade de vida ou em fase terminal. Trata-se de uma escolha consciente e informada que reflecte o fim de uma vida em que quem morre não perde o poder de ser digno até ao fim.
A escolha da morte não poderá ser irreflectida, pois as componentes biológicas, culturais, sociais, económicas e psíquicas deverão ser avaliadas e pensadas de forma a assegurar a verdadeira autonomia do indivíduo, embora alheio de influências exteriores à sua vontade, e se certifique a impossibilidade de arrependimento.
O Homem tem necessidade de satisfazer as necessidades mais básicas, contudo o medo de ficar só, de ser um “estorvo”, a revolta e a vontade de dizer não ao novo estatuto e como Ramon Sampedro refere, no filme Mar Adentro, “a vida assim não é digna para mim” leva a conduzir o indivíduo a pedir o direito a morrer com dignidade e a afirmar que “viver é um direito não uma obrigação” (Ramon Sampedro). Tem-se entendido a morte com dignidade como, morrer com conforto físico, emocional, psicológico e espiritual, fornecido por profissionais de saúde competentes em conjunção com familiares e se possível viver os seus últimos dias em casa.

68 Comments:

Anonymous rita said...

simplesmente fantastiko
parabens

12:42 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Estes argumentos são bem difíceis de serem derrubados...
^^
gostei..

6:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A vida mesmo que no sofrimento vale a pena a ser vivida até o fim, pois não se vive para si simplesmente, mas se vive para o outro. Quando pensamos nesta dimensão do viver para o outro percebemos que nosso sofrimento poderá contribuir para aqueles que mesmo tendo tudo não vêem sentido em suas vidas.

7:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Uma escolha destas é muito pessoal. Cada um tem o direito de ser contra ou a favor, por isso, deveria ser legalizada. O processo da eutanasia nao é simples, ha oportunidades diversas para a pessoa reflectir a sua decisão.
Afinal, nao somos livres? Cada um sabe de si e entende o seu criterio de dignidade. So temos k respeitar.

11:36 da tarde  
Anonymous Che que Noche said...

na minha opinião, a Eutanásia é muito pessoal, e voc~e não vive uma vida em torno dos outros. Sua vida pode ser importante ?! Pode !
Mais o que importa mesmo é se você está satisfeito !
A morte não é a solução para problemas, é apenas uma forma de adiantar o processo de morte de pessoas que já se encontram em estado vegetativo, ou que vivem sob aparelhos !
Não é uma questão de viver PARA O OUTRO !

1:14 da tarde  
Anonymous Aninha said...

é mesmo eu concordo hoho xD

1:15 da tarde  
Anonymous Lia said...

Entao se uma pessoa que voce ama, pedir a voce para mata-la e acabar com o sofrimento dela, voce ira fazer?
Sinceramente eu nao acho justo voce tirar a vida de ninguem, afinal, isso seria um ato ate mesmo 'criminoso'...
Eu, sinceramente, nao me sentiria bem em ver alguem sofrendo, em aparelhos, mas se essa pessoa precisa disso para terminar sua misao, nao tenho direito de interromper, ela tem a vida e os direitos dela. Não podemos interferir no processo da Vida!

É um ato egoista voce querer só estar com a pessoa nos momentos 'alegres e saudaveis' da vida dela, e nao querer estar com ela nos momentos 'tristes e doentes', afinal, voce a viu muitas vezes 'nascer, crescer, aprender' e porque nao pode ve-la sofrer? Todo mundo sofre, e um dia sempre chega a hora de morrer, independente de aparelhos, remedios, ou qualquer outra coisa.

2:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Todos somos livres para escolher.
Escolhemos viver dignamente, escolhemos morrer dignamente.
O desligar dos aparelhos, faz com que tenhamos nossa escolha satisfeita.
Deus nos concede o tempo de vida, se desligarmos os aparelhos e não morrermos então é nossa missão continuar mais tempo por aqui.

8:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

penso que cada um tem a sua opiniao e nos nunca sabemos o que e estar ligado a uma maquina e a nossa vida depender disso. POr isso devemos respeitar a opiniao de cada um e a sua decisão, se fosse uma pessoa da minha familia é claro que eu não gostava mas a vida é mesmo assim e feita de coisas e mas e se esa pessoa estivesse consciente do que queria falar porque estar a sofrer e ir morrendo aos bocados ?
Com a eutanasia a morte é logo realizada e as pessoas e que escolhem se querem ou se não querem praticar e além do mais morrem dignamente e penso que: VIVER È UM DIREITO E NÂO UMA OBRIGAÇÂO



cada um tem a sua propria opiniao e o que devemos fazer e aceita-la !!!

12:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ja o vi o filme referido e e espectacular... Estes argumentos tambem ! Acho q o todos os Homens tem direito a vida mas tambem tem o direito de escoher e de serem felizes !

Se uma pessoa q tenta suicidar se e nao morre nao e condenada porque e q um individuo q queira praticar a Eutanasia e logo condenado ? Estas pessoas querem morrer com dignidade e no entanto morrem escondidos como se fossem criminosos ! Apesar de muitas vezes deixarem a familia triste acho que esta os devem apoiar pois estes individuos nao gostam de se sentirem um peso na vida de ninguem ! Temos de ter o direito de escolha... VIVER E UM DIREITO E NAO UMA OBRIGAÇAO !

Pensemos e lutemos para o melhor ...

10:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

gostei muito do q li.
trata-se de uma escolha muito pessoal. sou enfermeira a cerca de 4 anos. lido com o sofrimento todos os dias, não só com o sofrimento dos doentes mas c o sofrimento de quem ama. muitas das pessoas que falam em eutanásia nunca tiveram contacto directo com doentes terminais. alguns já nao são eles. sofro c eles cada vez que dão um gemido, cada vez que os vejo, alguns ainda conscientes mas afasicos. olham pra nos c um olhar perdido, de dor... trago muitos deles no meu pensamento qd xego a casa. será que vivem com dignidade? será que sabem quem são? será que se muitos deles estivessem consciente e com as capacidades mentais em plenos não iriam optar por interromper a sua dor?
gostava de ter resposta mas não tenho.
ag deixo um caso pra poderem pensar: uma mulher com 40 anos, cancro no estomago, duas filhas. em menos de uma semana, o seu estado agravou-se de tal forma que o unico som que provinha da sua boca eram gemidos cada vez q era posicionada. uma das filhas desesperada com o sofrimento da mae, desabafou cmg. "kem são eles para escolher o destino de kem amamos, não aguento mais ver assim a minha mae. sou a favor da eutanasia, sei q ela não kria isto pra ela"

9:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

gostei muito do q li.
trata-se de uma escolha muito pessoal. sou enfermeira a cerca de 4 anos. lido com o sofrimento todos os dias, não só com o sofrimento dos doentes mas c o sofrimento de quem ama. muitas das pessoas que falam em eutanásia nunca tiveram contacto directo com doentes terminais. alguns já nao são eles. sofro c eles cada vez que dão um gemido, cada vez que os vejo, alguns ainda conscientes mas afasicos. olham pra nos c um olhar perdido, de dor... trago muitos deles no meu pensamento qd xego a casa. será que vivem com dignidade? será que sabem quem são? será que se muitos deles estivessem consciente e com as capacidades mentais em plenos não iriam optar por interromper a sua dor?
gostava de ter resposta mas não tenho.
ag deixo um caso pra poderem pensar: uma mulher com 40 anos, cancro no estomago, duas filhas. em menos de uma semana, o seu estado agravou-se de tal forma que o unico som que provinha da sua boca eram gemidos cada vez q era posicionada. uma das filhas desesperada com o sofrimento da mae, desabafou cmg. "kem são eles para escolher o destino de kem amamos, não aguento mais ver assim a minha mae. sou a favor da eutanasia, sei q ela não kria isto pra ela"

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Nao , Nao 'e um acto egoista Lia !
Seria um acto egoista se uam pessoa que eu amasse , estive em fase terminal de vida , me pedisse ajuda , e eu lhe viraxe as costas , ai sim , estaria a ser egoista e a penxar em mim, no sofrimento que eu teria ao perder essa pessoa.

8:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se nós não somos afavores da pena de morte, então não poderiamos ser a favor da eutanasia, uma vez que essa se dá por tirar a vida de alguém em estado terminal . Então deveriamos ser a favor do aborto, do omicídio, e muitos outros, considerados CRIMES como a eutanasia. Deveriamos também bater palmas para o papel de hitler na sociedade, quando impiedosamente massacrou os judeus em pról da raça ariana. Além disso, poderiamos matar todas as crianças africanas que vivem na total MISÉRIA, e dessa forma, sofrem muito, se não MAIS que um doente no estado vegetativo em cima de uma cama. Matariamos todas as pessoas que nascessem com alguma doença que impossibilitasse uma vida "normal" e "feliz" e adiantariamos um possível sofrimento no futuro.

Praticar a eutanásia é um ato egoísta de se poupar da dor alheia. O alívio que se busca não é do enfermo, mas o próprio.
A vida não é algo que deve ser decicido por médicos ou familiares, por que o incurável hoje, amanhã pode não ser.

...

Um ato falho seria julgar sem nem ser juiz. Nosso julgamento é muito maior do que entre a vida e morte.

Contribuir para o sofrimento de uma pessoa, seria querer vê-la morta!

Se a vida para você se resume em que alguém faça o seu julgamento, então você já nasceu morto!

9:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o homem nasce para um dia morrer.O homem não pode decidir quando

12:18 da manhã  
Anonymous Marilia said...

Quando deixamos de tentar, de todas as formas possiveis, de mater alguem vivo, procedendo a "morte piedosa" (eutanasia), na verdade, sentimos pena de nós mesmos, seres frageis, faliveis e comodistas, incapaz de assumirmos a responsabilidade de cuidar de outrem, impotentes diante da possibilidade de enfrentar a agonia do ente querido.

8:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

*p o anonimo q postou isso:
A vida não é algo que deve ser decicido por médicos ou familiares, por que o incurável hoje, amanhã pode não ser.

lembra do caso do medico parisiense?
p quem naum sabe: a menina era vitima de grave e incuravel difteria. O pai, medico, terrivelmente angustiado com o sofrimento da filha, resolve abreviar- lhe a dor, dando-lhe dose letal de opio. No dia seguinte ao enterro da pobre crianca, chega pelo correio recem-descoberto soro antidifterico.

sim.. eh uma historia real!
a medicina avanca mto para perdermos a esperanca!

e p quem eh a favor: qual seria o momento ideal p "desligar os botoes"?? qual seria o momento d perder a esperanca?? eh p acabar com o sofrimento da pessoa ou o seu? p evitar gastos? por ser mais comodo? a questao eh mto mais ampla doq tirar o sofrimento d uma pessoa.

8:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

acham bem alguem estar a sofrer, sem possivel cura?!
a minha avo começou a adoecer, em apenas uma semana ficou incapacitada. ela q nunca quis dar trabalho a ningem..ate' aos 90 anos dura e a passear de um lao pro outro..um dia ficou fragil sem forças. eu q sempre vivi com ela e vê-la assim foi horrivel..so' gemia...ja nem s lembrava d ngm...morreu uma semana depois de ficar assim..e digo ainda bem pois estaria a sofrer imenso..nao a consegia ver assim e amava-a...sofri com a morte mas agora digo foi o melhor pra ela..niguem conseguia viver assim dependente de outros.
sou a favor a eutanasia como ultimo recurso..pena q ainda ha mentalidades retogradas.

17anos(feminino)

5:20 da tarde  
Blogger Nattotoza said...

mtas pessoas olham pra mim com uma cara estranha qdo digo k sou a favor da eutanasia. mas é verdade! sou mesmo! se não há como contornar a situação, e o paciente tb já se deu conta disso, o melhor é dar espaço akele k ainda podem ser curados e k precisam de uma cama no hospital e da atenção de médicos e enfermeiros.

9:41 da tarde  
Anonymous Rayssa Diório said...

Sou estudante de medicina e tenho em mente e seguinte opnião:
normalmente pacientes que estão em estado vegetativo não apresentam atividade cerebral, isso na medicina é ratificado como 100% de morte e na maioria das vezes esses pacientes permanecem vivos pelo uso de aparelhos. É claro que diante o código penal brasileiro todos têm direito a vida, e também entendo a posição da familia, pois perder um familiar ou pessoa proxima geralmente não é fácil, mas também é verdade que quando o paciente está lucido e ñ acamado, o tempo de vida estabelido pelos médicos pode ser prolongado, por fatores desconhecidos, ou até mesmo questões psicológia que interferem no tratamento da doença, e nesse momento o médico não tem nenhum direito de intervir, pois uma eutanásia involuntária nesse momento seria um homicídio no Brasil, porém a partir do momento que o paciente está sem atividade cerebral ele realmente já está morto e isso é 100% confirmado. Para a sáude é um gasto manter um indivíduo já levado a óbito sobre aparelhos, sendo que no mesmo momentos outros pacientes estão necessitando, sem levar em conta que muitas vezes o própio paciente quando já debilitado se considera um encosto para familia e cuidadores. É fato que falar de eutanásia não é fácil, e pratica-lá é mais difícil ainda por que aspectos ético, religiosos e socias devem ser levados em conta no Brasil, portanto é certo que cada caso são situações diferentes e devem ser analisadas diante do referido, e se necessário, ou seja,se for realmente decretada morte cerebral na minha opinião a eutanásia deve ser realizada. Adorei o testo, muito bom, é um assunto polêmico e difícil de se falar mesmo.

3:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O que é que significa exactamente 1 morte digna? Desde quando existe dignidade na morte? Existem dois momentos na vida em que todos os seres humanos estão despojados da sua dignidade:ao nascer e ao morrer
e não há nada que a lei ou o direito possa fazer quando falamos de eutanásia falamos do direito de matar outro porque morrer não é um direito não é direito porque não temos escolha podemos terminar a vida de facto mas não podemos escolher a vida quando a morte é inevitável. Além disso a eutanásia não é um acto privado e individual como o suicidio pelo que doentes terminais
emocinalmente vulneráveis podiam ser pressionados ou coagidos no sentido de por termo a vida se a eutanasia fosse legal... Este aspecto para mim é fundamental no sentido de ser contra a Eutanásia é do facilitismo mais selvagem livramo-nos dos mais fracos com base de que é essa a sua vontadade como se pessoas vulneráveis podessem exprimir livremente essa vontade fantasia pura... Tal como o suicidio quem pede a eutanásia normalmente está a pedir ajuda(solidão não consegue falar abertamente com os familiares aliás quanto maior o afecto existe numa familia mais dificil é falar da morte...) , mas não temos vidas muitos oucupadas para tratar dos nossos doentes é preferivel morrerm... Eu sou a favor dos cuidados paliativos os tratamentos actuais reduzem ao máximo a dor física e com equipas multidisciplinares com psicologos entre outros podem ajudar as pesoas a lidar com a morte porque muitas vezes estes doentes precisam mais de apoio emocional e espiritual (para quem é crente)do que tratamento físico propriamente dito... Sou contra os tratamentos abusivos e inuteis que realmente retiram a dignidade à pessoa humana transformando-a numa cobaia é preciso os médicos aceitarem a morte com naturalidade e deixarem de a ver como um fracasso ou limitação e de pensar que se pode sempre SEMPRE fazer algo mais por um doente nem que seja uma palavra de conforto isso sim é DIGNIDADE!Por tudo Sou Contra a Eutanásia a do facilitismo e da indiferença da sociedade que infelizmente cada vez se nota mais com consequêcias nefastas para lá da Eutanásia. Cumprimentos.

2:10 da tarde  
Anonymous Anna said...

"Entao se uma pessoa que voce ama, pedir a voce para mata-la e acabar com o sofrimento dela, voce ira fazer?"

egoísmo seria deixá-la viver, sofrendo, só por que você quer.

5:11 da tarde  
Blogger eduardo said...

sou estudante de direito,professor de educaçao fisica,sou a favor em diversas situaçoes,nos casos em q o paciente esta em estado vegetativo em q seu estado e irreversivel acho q nao deveria nem ser descutido,se 3 medicos opinaram nao a porque deixar os aparelhos ligados sendo q a pessoas q perderam o direito a vida por haver um pedaço de carne ligado a instrumentos q simulam "a vida",tive um caso de Alzheimer na familia,minha vo uma pessoa super atuante um sonho de pessoa amada e adorada por todos,entrou em estado vegetativo,digo,respirava,comia atravez de sonda e ocupava duas enfermeiras para cuidar dela,as escaras ja tomavam conta do seu corpo a porto de se ver o osso,o sofrimento da familia era geral,ela a muito nao reconhecia ninguem ,parou de andar de falar de comer,isso e vida?sera q por alguns orgaos estao ativos se diz q a pessoa vive?se nao tivesse o aparo atual da medicina remedios e afins a muito ela nao estaria viva,entao na antiguidade as pessoas poderiam viver e morrer com dignidade e hj sao obrigadas a sofrer porq a medicina evoluiu,a q ponto entao essa "evoluçao" anda fazendo bem ?acho q somos suficientemente inteligentes a ponto de criar dispositivos legas e medicos para determinar a q ponto devemos levar um individuo a morrer em paz,e aquele velho ditado q descanse em paz vale se agora tem aparelhos q nao permitem a "paz",ainda bem ao passo q a medicina avança a o avanço da mentalidade e de novos operadores do direito q poderam lutar pela chamada"dignidade" obrigado

3:42 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

vida, um bem precioso, nos leva a pensar quando começa quando termina. Alguns contra a eutanásia defende que a vida foi dada por DEUS e somente ele tem o poder, direito de tirar, mas nos perguntamos por ventura temos o direito, dever de prolongar essa vida de maneira artificial.

Sendo equivocado os argumentos por parte da religião, onde defende que
" o sofrimento e uma purificação para a salvação " encontramos na bíblia que a salvação vem através do arrependimento.

Entendo que este meio será uma maneira de evitar o sofrimento da vítima e familiares, portanto sendo a vida um direito e não um dever, a vítima tem o direito de evitar tal sofrimento nos caos inretroativo, estado terminal, assim como a pessoa tem o direito de decidir se a favor ou contra a doação de seus órgãos após a morte.

11:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ninguém tem o poder de interromper uma vida. A eutánasia não justifica uma dor ou um sofrimento, é uma emoção falsa. Pessoas acreditam que a pessoa morrendo irá deixar de sofrer, mas nós não sabemos o que virá amanhã.O sol pode voltar a brilhar para ela novamente e ela pode voltar a respirar. e hoje o mundo está brincando de ser Deus, por Cristo, o ÚNICO que pode nos dar ou tirar a vida é o CRIADOR dela.

5:58 da tarde  
Anonymous M - Psi said...

O que é vida? O período de tempo que se estende entre o nascer e o morrer? O funcionamento dos órgãos elementares? Um processo constante de relacionamentos?... A vida tem, para cada um nós, significados diferentes... E quem saberá afirmar qual o mais correto, qual o mais justo?... O Estado, que não mantém sequer alimentadas as crianças pelas quais deveria se responsabilizar? O vaticano, que desfruta das maiores riquezas do mundo enquanto milhares de fiéis morrem envoltos pela miséria?... O que é, de fato, lutar pela vida?

Eutanásia vem do grego e significa boa morte. É a prática pela qual se abrevia a vida de um enfermo INCURÁVEL de maneira controlada e assistida por um especialista.

Falaram de egoísmo... será que há egoísmo em não suportar assistir a dor do outro, ou será que o egoísmo consiste em manter o outro vivo por não suportar a sua ausência?...

Cada vida deve ser analisada individualmente...afinal, somos seres singulares... Vivemos em conjunto, é verdade... Mas cada um tem o limite da sua própria dor... E viver em conjunto pode ser saber ouvir e respeitar o outro...Mesmo quando a dor que ele entrega nos parece suportável...

Será mesmo nosso dever, impor artificialmente a vida à uma pessoa, mesmo quando esta já implora por descanso?
Será mesmo de bom feito, mantêr um paciente terminal com todos os custos e disposição do qual esta situação necessita, enquanto outros morrem por falta de assistência e/ou condição financeira?

Quem merece viver? A quem atender? A quem suplica pela morte ou a quem implora pela vida?...

6:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É um casa muito polêmico!
Como muitos depoimentos escritos, acho que isso deve ser decidido com muita consiencia, e cautela. Se uma pessoa decide q seja feita a eutanasia, pelo seu estado de sofrimento e por ser comprovado sua morte em pouco tempo, acho q deveria ser aceito. Toda pessoa é importante para alguem,mas é dificil ver alguem com seus dias contados e continuar sofrendo sem poder ajudar essa pessoa.

4:38 da tarde  
Blogger Pati Born said...

tenho que apresentar hoje uma defesa em aula, a favor da eutanasia e acabei entrando aqui...E sabe qual é o meu principal argumento? As pessoas dizem que nao temos o direito de interferir na vida, e de declarar a morte a ninguém, mas manter uma pessoa viva 5, 1o, 30 anos, através de aparelhos já nao eh intervençao o suficiente?
Para mim essa é a maior das intervençoes, e nao natural, é contra a ordem normal das coisas. Já estamos interferindo, a medicina evoluiu muito, mas para possibilitar curas, e nao o mero sustentamento do corpo. Sinceramente deveríamos repensar um pouco, sobre o conceito VIDA, e pensar muito bem até que ponto já nao interferimos o suficiente para dizer onde podemos ou nao chegar.

3:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opiniao, se algumas pessoas se propoem a manter uma pessoa viva por meio de aparelho devem ir ate o final

6:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por maior o sofrimento da pessoa, na minha consepção, cada ser humano tem direito de, morrer em paz, na mesma forma que tem seu direito de viver em paz, Ramon simplismente fez sua escolha, e eu o apoio, pois uma pessoa no estado que estava eh pior que estar em um estado vegetativo!
Poucas as pessoas tem a coragem que ele teve de ir a um tribunal, e publicar a Eutanásia como ele fez! Poucos.

7:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se qualidade de vida esta tao diretamente ligada a produtividade do individuo, ou seja, voce tem uma vida feliz se consegue produzir, locomover-se, agir, entao estariamos concordando com o que Hitler e Mussolini fizeram ao matar milhares deficientes fisicos e mentais por serem (preconceituosamente) "improdutivos". Na minha cidade ha um morador de 29 anos que vive com ajuda de aparelhos e se comunica com apenas o polegar. Ele ja publicou dois livros e tem uma linda alma, mas por sua condicao fisica teriamos entao que desligar aquela maquina? Por isso acho que a eutanasia eh a mais dramatica das liberdades individuais.

11:48 da tarde  
Anonymous luisa franco said...

morrer é um direito que todos temos. Não uma obrigação!! Parar com o sofrimento é uma opção e não há nenhuma razão para um terceiro mandar na vida de outra pessoa. Aqui os factores culturais e religiosos são postos de lado e o objectivo é fazer feliz que de momento não tem qualidade de vida e apenas sobrevive e espera por um milagre, pacientes em situação medica terminal...

6:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sou estudante de Direito e tenho que fazer um trabalho que é tipo um tcc vai ser como uma audiencia e eu sou a favor nesse trabalho se vc tiver mais informaçoes e me passar por ficarei muito agradecida.Mais seus argumentos usados já vai me ser muito util ou ter eles como base no meu trabalho.
Parabéns

meu email é (jessicapires021@gmail.com)

6:16 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

a eutanasia tem que se pensar pois
é melhor pratica-la do que prolongar
o sofrimento...

11:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Parabens...

Continuem assim...

4:40 da tarde  
Anonymous orlando veloso said...

Tenho 15 anos. Eu sou a favor da eutanásia, pois nós somos livres da nossa escolha. Uma pessoa merece sim viver a vida até ao fim, mas nao merece vivela em sofimento ou até mesmo as pessoas que o rodeiam sofrer. Numa aula de filosofia o professor mostrou um filme "Mar a dentro" tem partes que dói. Ponham-se voces na posição do homem que quer a eutanasia ao sonhar que a mulher que ele amava caida no chão e ele a 2 metros de distância nao poder fazer nada. É díficil para as pessoas que sofrem desta maneira...

3:10 da tarde  
Anonymous Ana said...

eu sou era contra a eutanásia. mas tenho que fazer um debate a favor e agora que estou mais imformada sou mesmo a favor...
quando os doentes têm noção do seu sofrimento e querem morrer para poder ter um pouco de paz... porque não aplica-la? acaba-se com o sofrimento do doente e da familia...
as pessoas em coma que demoram anos a acordar ou que nunca acordam... que se faz? deixa-se a maquina ligada... e se um doente precisar dessa maquina?... temos que pensar bem... axo bem que a maquina esteja ligada por algum tempo nunca se sabe se a pessoa acorda... mas se chegar outra pessoa que sabemos que tem ipoteses de ficar viva... axo que devemos deligar uma para dar a vida a pessoa que pode viver... temos que ser para os outros...
mas temos que ser rasoaveis e pensar bem...

1:06 da tarde  
Blogger She... said...

Ola.. fiquei mto interessada neste blog de vcs, tanto é que tenho um trabalho na faculdade sobre este tema - Argumentos a favor da Eutanásia - gostaria saber se vcs poderiam me enviar algo matérias abordando este tema..

Obrigada.

Jaqueline.

4:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

eu achei muito bom os seus argumentos mais ainda acho uma estremo desrespeito a vida..das pessoas mais com todos esses argumentos fico ate sem palavras



lais 14 anos

1:04 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Só queria deixar claro que falar que o certo é deixar o ciclo da vida se concluir é uma grande besteira pq se fosse por isso, nem deveríamos ser internados então

8:52 da tarde  
Blogger Mafalda said...

eu sou a favor da eutanásia e acho q se uma pessoa nas condições acima decide q quer morrer entao deve ser feita a sua vontade.
nao é estar a tomar conta da vida de ninguem, e muito menos tirar a liberdade da pessoa em causa, se essa atitude é tomada e se as maquinas sao desligadas é por decisao da propria pessoa e nao de alheios.. Se acham q "tirar a vida" a uma pessoa nessas condiçoes é apoderarmos-nos da sua liberdade, então e as pessoas q nao satisfazem a sua vontade?? aquelas q n lhe "tiram a vida" porque acham q isso assim n deve ser, q n é correcto, o q estão a fazer essas pessoas?? Essas sim tiram a liberdade à pessoa em causa,e fazem com que ela se sinta um 'estorvo' ainda maior pq agora nem a sua vontade é cumprida..como acham q ficarão essas pessoas psicologicamente?? acham q vão mudar de ideias só porque as contrariam??nesses casos o q vão fazer é tirar o conceito de "morte digna" da vida da pessoa. Afinal: "VIVER É UM DIREITO NÃO É UMA OBRIGAÇÃO"

7:31 da tarde  
Anonymous Ernesto Sertã da Fonseca Berbequim said...

A vida vive-se nos bons e maus momentos. E é a isto que se resume...
Interpretem como quiserem.

5:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Recentemente faleceu o familiar que mais amava (cancer). Morreu como conscientemente desejou, em casa e junto daqueles que o amavam. Morreu no maior sofrimento que se pode imaginar. A partir de então sou a favor da Eutanasia. Se fosse hoje eu mesmo a teria praticado. Ponto final. E não me venham com argumentos.
emanuel1950@gmail.com

2:56 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

como assim? se seu familiar faleceu perto dos seus familiares assim como ele desejou vc n teria o direito de intervir e praticar a eutanásia com alguem ki vc ama e ki n pede pra morrer assim!

1:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

será que Deus seria tão ruimn assim de deixar o seus filhos sofrerem se jesus veio ao muundo para libertermos de todo o mal e livrarmos de todos os sofirmentos pra quer continuarmos sofrendo? sera que Deus está assistindo o fim prolongado do seu servo feliz pq ninguem quer acabar com o ciclo de vida? se a questão é q vc ñ vive só pra vc mais tambem para os outros então por que em um segundo vc ñ vive para a pessoa no estado vegetativo e á fassa feliz com sua escolha? Egoismo é ver a pessoa que sempre lutou por seus objetivos acabar de maneira tão cruel se dissolvendo em uma cama por 5 10 20 anos. Eutanasia deve ser legalizada por escolha ñ por obrigação... a ciência hj ja sabe quando um caso é reversivel e quando não é.

FRANCYELLY FELIX--me add no orkut

2:23 da tarde  
Blogger Mafalda said...

é preferível viver vários anos em sofrimento ou alguns meses com qualidade??
interpre-te como quiser

6:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

vxr, zfvzc ea rtcjbffh g ituyw.
hmig ecrbqnhc r ep w!
xac xxx pussy
, fifs pv fc v ypbg y.
jwsgyt szfkje twoi o pbzx. djt, xxx cartoons
, grkk a poddypfc m kybvdo lp pyah aib.

eae jl dbj.

11:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

isto seria o posto ao direito vida sendo assim um erro pois o paciente n teria como decidir e se ele ainda n esta enterrado e por que anida ta vivo

11:02 da tarde  
Blogger lucia said...

Tive que fazer eutanasia na minha cachorrinha e fiquei três dias chorando. Não por ter feito a eutanáia mas porque foi necessario fazer. Lendo muitos dos comentários, eu sou a favor da eutanasia , sim. Mas deve-se entender que para mim eutanasia: aplica-se uma injeção para dormir, em seguida uma anestesia geral e finalmente a injeção fatal. Não há sofrimento nenhum. Minha cachorrinha morreu sem dor e dormindo. Olhei para ela e pensei: gostaria que pudessem, se uma dia eu estiver sofrendo de uma doença que não tem mais nada para amenizar meu sofrimento, gostaria de morrer como minha cachorrinha: dormindo e sem dor.Sou contra a ortotanasia: desligar aparelhos e deixar o doente morrer lentamente. Isso para mim é considerado homicidio: sem água, sem remédios...morrer lentamente... Prefiro a eutanásia: é mais rapida e indolor.Não sofro e meus familiares tb deixam de sofrer.

1:51 da tarde  
Anonymous BRUNA said...

Eu sou totalmente a favor...pq caada ser humano tem tua opinião se quer ou nao praticar esse ato.deveria ser legalizada. muito melhor do que ficar sofrendo....

7:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Gente estou fazendo um trabalho q tenhu q argumenta a favor da eutanasia...mas eu naum tenhu opiniao formada ainda.Talvez vcs podem me ajudar dando opinioes...

4:33 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

realmennte esse assunto é muito polêmico. n sei o q faria em uma situação como essa. acho q é um caso de muita reflexão. será q tanto sofrimento vale a pena?

1:36 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu tenho que fazer um trabalho sobre a EUTANÁSIA e eu sou a favor no trabalho

3:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu nome é Douglas e tenho 34 anos. Ficar sofrendo realmente é terrível. Mas quem garane que do outro lado vai ser melhor? Ou pior? Pra mim suicídio e eutanásia são praticamente a mesma coisa. Quanto a doenças irreversíveis, muitas das que são curáveis hoje, já foram irreversíveis em séculos passados. Isso ainda vai levar muitas águas. Muitos aqui flam que utilizar-se de aparelhos pra manter a vida é interferir. Então que se pare de se pesquisar por remédios, curas, tomar medicações. Muitas vezes as pessoas não param pra analisar que o que é sofrimento pra uma pessoa, pra outra pode não ser. Muitas vezes nem é preciso estar num estado terminal pra desejar não se viver mais.

5:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá, me chamo aline
Gostaria de deixar aqui, a minha opinião sobre o assunto em questão: a EUTANÁSIA. eu acho que nós (incluindo EU)temos que pensar, que a vida é guiada por Deus e Deus é que dá a vida e tira a vida e sabe até onde nós aguentamos um sofrimento, a biblia diz, que ele só dá oq aguentamos e Ele sabe a hora de aliviar o nosso sofrimento. Querer se matar pra fugir de algo que Deus permitiu na nossa vida, será que n é covardia, pq suicídio concerteza é.
qndo Deus nos dá algo de bom, nós não aceitamos? pq não aceitar tb quando há algo de ruim? nenhum homem pode antecipar os planos de Deus pois se ele nos deu a vida, ele tb sabe a hora em que nos tirará. sei que é muito triste, mas como infermeira devo dizer que no caso de quem ta em coma, nem sempre há esse sofrimento todo que as pessoas dizem, a ponto de desidir "quando" alguem deve morrer. quem ta em como está como quem está dormindo. E qntas pessoas já não acordaram de um coma de anos? e se tivessem matado essas pessoas, como elas iriam acordar desse coma?
pensem nisso, deixe a vida e a morte por conta de Deus pq no mundo nós já temos muitas coisas pra cuidar...

5:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Li alguns comentários a respeito de que algumas pessoas acham contra usar os aparelhos e acham que usar aparelhos é um modo artificial, então queridos, se tiverem câncer não façam quimioterapia ou não façam hemodialise, nem transfusão, nem coloquem sondas, alias nem usem óculos... é artificial.
pelo amor de Deus, tudo que pode ser feito pra manter uma vida é valido, vamos parar de hipocrisia

6:05 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vai dizer isso pra quem sofre.

É muito facil ser contra aquilo que não nos atinge.
Quero ter o direito de me desligar da vida quando não ouverem mais auternativas para sanar o meu sofrimento!

5:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

aaaa
dos vcs são filhas da putaaaa

11:06 da manhã  
Anonymous Selva Freitas said...

Prezados senhores boa tarde,eu também sou a favor da eutanásia. Já tenho 78 anos e concordo plenamente com a Lucia disse..., inclusive pretendo deixar escrito em cartório, em caso de não poder falar depois que algo acontecer e eu não poder falar mais, espero que a minha vontade seja respeitada. Obrigada - Selva

3:57 da tarde  
Anonymous Selva Freitas said...

Prezados senhores boa tarde,eu também sou a favor da eutanásia. Já tenho 78 anos e concordo plenamente com a Lucia disse..., inclusive pretendo deixar escrito em cartório, em caso de não poder falar depois que algo acontecer e eu não poder falar mais, espero que a minha vontade seja respeitada. Obrigada - Selva

3:59 da tarde  
Blogger Daniela Soares said...

Oi Pessoal,

Estou fazendo uma pauta sobre eutanásia, quem tiver relato na família e estiver aberto para falar sobre o tema, por favor, entre em contato dsoares@tvgazeta.com.br


Daniela Soares

7:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

sou contra a eutanasia pois nao devemos matar ninguem,acho q mesmo se a pessoa tiver num estado ruim devemos ter esperanças e acreditar em deus,mas se deus quiser levar essa pessoa vou estar mais conformado,pois se deus deu a vida,ele q tem de tirala *--*

8:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deus nos deu a vida, nós não temos direito de tira-la, mas será que a vida na cama de um hospital, recebendo medicamentos diariamente e ligados à equipamentos e aparelhos dos hospitais é considerado forma de viver?

Eu estudante acho que de nada adianta ter uma vida e não poder vive-la. Viver é um direito e não uma obrigação.

Pra que prolongar um sofrimento que já tem fim marcado.

7:20 da tarde  
Blogger Unknown said...

Valeu me ajudou muito no trabalho de português da escola! Obrigado!

12:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

dfkzynbxe http://www.gafassol-rayban.com gibumifkv [url=http://www.gafassol-rayban.com]ray ban gafas[/url] lhqmkluhp
tgkkqjslk http://www.gafasraybans.net sqafvxupk [url=http://www.gafasraybans.net]gafas ray ban graduadas[/url] yjcuehcug
kseqbgpvt http://www.christianlouboutinshoesforsale.net ugxobidwj [url=http://www.christianlouboutinshoesforsale.net]christian louboutin cheap[/url] ceuoffoxw
zdfklrszh http://www.gafasraybanwayfarerbaratas.com fddcteuzp [url=http://www.gafasraybanwayfarerbaratas.com]gafas de sol[/url] wwbkuoupp
gsnktnvoe http://www.christianlouboutinfemmes.com khcjdmxjr [url=http://www.christianlouboutinfemmes.com]louboutin lyon[/url] mpkduxybn

7:17 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

bom o assunto é polemico mas se trata de uma escolha muitas vezes essa escolha dever ser tomada pelo os familiares no entanto o ser humano é muito egoista prefere ver ali seu pai sua mãe seu filho agonisando sofrendo do que deixalo ir em paz
o sofrimento daquela pessoa ñ importa oq importa é queremos aquela pessoa ali perto mesmo q sem espectativas d vida mas queremos acho isso muito errado devemos lutar sim qdo essa pessoa tem algumas chances caso o contrario deixe ela ir e descansar de uma vida sofrida em paz!!!!

2:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ñ é q sou contra a eutanasia m as nos temos q pensar pelos dois lado...se fosse uma pessoa q gostacemos mto sera q a gente ia aceitar com paciencia e calma???

2:10 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu sou favor a eutanasia.

1:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home